1 Seminário Práticas Corporais Indígenas


unnamed.png

Convido a todos para participarem deste importante evento do curso de Licenciatura em Educação Física da FCARP.


Teremos a participação da professora Drª Beleni S. Grando, pesquisadora renomada na questão indígena em Mato Grosso.


Sobre a professora Beleni:

Licenciada em Educação Física (1985), especialista em Filosofia para Crianças (1993) pela Universidade Federal de Mato Grosso, se insere no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina no mestrado (1999), linha de pesquisa Movimentos Sociais e Educação, sob a orientação de Reinaldo Matias Fleuri, e passa para o doutorado na linha Formação de Educadores (2000), concluindo sua tese em março de 2004, com intercâmbio na Faculdade da Motricidade Humana, da Universidade Técnica de Lisboa, sob orientação de Manuela Hasse. Fez o pós-doutorado em Antropologia Social, sob a temática Antropologia da Criança, no PPGAS/UFSC (2010-2011), com supervisão de Antonella Maria Imperatriz Tassinari. Em 1994, passa a ser professora da Universidade do Estado de Mato Grosso (1994) onde atua como docente do Programa de Pós-Graduação/Mestrado em Educação (linha de pesquisa Educação e Diversidade) e na coordenação do PROCAD/CAPES-Amazônia com a UFSC (2008-2011). Em 2011, passa a ser professora da Faculdade de Educação Física e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso, na linha de pesquisa Movimentos Sociais, Política e Educação Popular. Por meio do COEDUC Grupo de Pesquisa Corpo, Educação e Cultura no CNPq (2004), faz parcerias com vários pesquisadores/as e se integra, em 2008, à Rede CEDES do Ministério do Esporte. Como pesquisadora associada ao Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte desde 1988, atuou na Secretaria do CBCE-MT (em várias gestões), na Coordenação do GTT Corpo e Cultura (2005-2009), e na Direção Nacional (2009-2011). É colaboradora dos grupos de pesquisa GPMSE/PPGE/UFMT, MOVER/PPGE/UFSC, NEPI/UFSC e suas temáticas de pesquisa e extensão são: educação do corpo em relações Interétnicas e interculturais, cultura popular, educação indígena, e educação e cultura corporal na infância. Consolida sua práxis pedagógica numa perspectiva interdisciplinar e intercultural e compreende o corpo como a totalidade/centralidade da pessoa, onde se inscreve a cultura e se consolidada a integração a um grupo social específico por meio da educação.

Profª Cleusa Bernadete L. Mamedes

Coordenadora do NUPEDI/FCARP

Destaque
Publicações Recentes