Unemat desenvolve ginástica laboral com a comunidade acadêmica

Unemat desenvolve ginástica laboral com a comunidade acadêmica LYGIA LIMA A | A A Unemat está desenvolvendo oficinas de ginástica laboral para prevenir Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT). A oficina é direcionada aos funcionários e acadêmicos da instituição. As oficinas fazem parte do projeto de extensão financiado pelo FIDPEX (Fundo Institucional de Desenvolvimento da Pesquisa e da Extensão) e começou a ser desenvolvido essa semana no campus Jane Vanini e na sede administrativa, em Cáceres. A professora de Educação Física, Márcia Coffani, explica que a intenção do projeto é orientar tanto os servidores dos diferentes setores da Unemat, quanto os acadêmicos, sobre a necessidade de trabalhar os músculos que sofrem desgaste em decorrência da atividade desenvolvida no cotidiano. Na sede administrativa as oficinas de ginástica laboral são desenvolvidas às sextas-feiras, com turmas específicas, de acordo com as atividades de trabalho. No campus universitário a primeira turma formada se reúne às quintas-feiras, e à medida que mais pessoas forem participando, novas turmas serão criadas para atender a demanda. Junto aos acadêmicos são realizados mini-cursos, orientando sobre exercícios que devem ser feitos com intervalos regulares para evitar Ler/Dort. O projeto prevê, além das orientações práticas durante as oficinas, a distribuição eletrônica de uma cartilha que também será impressa e distribuída para os funcionários. Haverá ainda a fixação de painéis explicativos nos laboratórios de informática com dicas. “O importante da ginástica laboral, é dirigir os exercícios para os músculos que sofrem as tensões e desgastes com a atividade desenvolvida. A nossa intenção com essa oficina é orientar como forma de prevenção”, argumenta a professora Márcia Coffani. A funcionária pública, Almerinda Campos de Oliveira, que trabalha há 10 anos no setor de limpeza do campus da Unemat, ressalta a importância da ginástica laboral para a melhoria da qualidade de vida dela. “Gostei muito da oficina, porque ao chegar em casa depois de um dia de trabalho eu sinto dores no corpo em decorrência da minha atividade, e aqui estou aprendendo a trabalhar o corpo e amenizar essas dores”, afirma. O projeto é coordenado pelo Núcleo de Estudos sobre Corpo, Educação e Cultura da Unemat ( Coeduc), por meio das professoras BeleniGrando e Márcia Coffani, da acadêmica de enfermagem , que atua como bolsista, Adriana Fontes Fernandes e do funcionário Fabiano Pinto. Compartilhe esta notícia

mtbusca_noticia

Editorias: Geral

Fonte: http://www.fapemat.mt.gov.br/encerrados?p_p_id=3&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&_3_struts_action=%2Fsearch%2Fsearch&_3_redirect=%2Fencerrados&_3_keywords=beleni&_3_groupId=0

Destaque
Publicações Recentes
  • Facebook App Icon
  • facebook-square