FORMAÇÃO-AÇÃO DE PROFESSORES E A EDUCAÇÃO DO CORPO NA PROMOÇÃO DA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS EM MATO GROSSO

Descrição: Parte-se dos estudos e ações do Coeduc em 16 anos de atividades acadêmicas e culturais frente o desafio de inserir práticas pedagógicas que pudessem reconhecer e valorizar as diversas identidades que compõem as mais diversas comunidades escolares. Neste projeto, objetiva-se aprofundar a análise dessas experiências de formação-ação com novas experimentações pela pesquisa-ação resultantes da problematização de diferentes contextos, a fim de construir referenciais que criem práticas promotoras de educação intercultural em Mato Grosso. As pesquisas dialógicas, com professores e professoras e seus contextos socioculturais, são reconhecidas como potencialidades metodológicas interculturais a serem propostas, experienciadas, avaliadas e sistematizadas. Os procedimentos são definidos no processo de pesquisa-ação considerando os sujeitos envolvidos e os recortes que pautam as pesquisas que estarão vinculadas ao Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFMT) na linha de pesquisa ?Educação das relações étnico-raciais Educação e Povos Indígenas?, tendo como possibilidade a problematização das experiências de projetos de extensão voltados à formação de professores indígenas e promoção do conhecimento e vivência da cultura local/cuiabana para as relações étnico-raciais na escola na perspectiva da Educação Intercultural. O corpo como centralidade dessas relações, é foco de estudos das práticas potencializadas que possam romper os limites históricos racialistas e preconceituosos. São eixos de estudos: Eixo de estudo 1- Corpo, Memórias na/da escola: trajetórias e histórias de escolas, professores e alunos para a compreensão dos processos de formação de identidades e as implicações da educação escolar; Eixo de estudo 2- Educação Intercultural: problematização da prática pedagógica, articulação entre diferentes formas de educação do corpo - práticas corporais/sociais diversas que entrelaçam saberes e práticas coletivas identitárias. Eixo de estudo 3 - Formação de Professores: análise de processos formativos com os sujeitos participantes das formações promovidas pela universidade/Coeduc, vinculados a projetos de extensão, cujo foco tem sido professores da rede pública de ensino (Ikuia Pá), acadêmicos de Educação Física (Bataru: cultura e identidade), professores indígenas de Mato Grosso (Saberes Indígenas na Escola). Neste processo espera-se o aprofundamento da compreensão do processo desenvolvido na formação-ação para a interculturalidade cujo pilar se sustenta na alteridade do professor na educação escolar. Como pesquisa em rede, espera-se fortalecer o processo de formação de pesquisadores vinculados ao PPGE/UFMT assim como os docentes e discentes vinculados ao Coeduc para a produção de metodologias próprias capazes de produzir referenciais que educam para o viver coletivo solidário e intercultural..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .

Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Vilma Aparecida de Pinho - Integrante / Neide da Silva Campos - Integrante / Nilzalina da Silva Chaparro - Integrante / Jonathan Stroher - Integrante / Raimundo Nonato Assunção Viana - Integrante / Leures Athaide da Silva - Integrante / AVINNER AUGUSTO DA SILVA ALBINO - Integrante / JEFERSON GUIMARAES ALVES DA ROSA - Integrante / CLEITON JURANDIR DA COSTA - Integrante / Sueli de Fátima Xavier Ribeiro - Integrante / Evelyn Marah Tomaz Ojeda - Integrante / Cristhian Vergilio Miranda da Silva - Integrante / Sandra Regina Braz Ayres - Integrante / Itamara dos Anjos Oliveira - Integrante / Crisller Cristina Soares Carioca - Integrante / Stephany Paipilla Fernandez - Integrante / Isabel Taukane - Integrante / Vitor Hugo Alves de Sousa - Integrante.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Outra / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 14 / Número de orientações: 7

Educação intercultural: aprender com os povos originários do Sul a decolonizar a educação

Descrição: Os recursos solicitados no âmbito desta Chamada Universal MCTIC/CNPq viabilizarão a execução do projeto PQ/CNPq 306049/2017-1 (Chamada CNPq Nº 12/2017 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa ? PQ), que visa estudar as cosmovisões de povos originários do hemisfério sul, relacionadas com a concepção de ?bem-viver?, em suas implicações decoloniais e não-coloniais para a construção de políticas de sustentabilidade, bem como de propostas e práticas inovadoras de educação intercultural e inclusiva. Alavancado pela rede de cooperação científica intercultural e internacional construída ao longo das últimas duas décadas, contando com o apoio institucional do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH/UFSC) e do Griffith Institute for Educational Research (GIER), a presente proposta está sendo erigida como um processo sociopoético de pesquisa, congregando em rede pesquisadoras e pesquisadores, bem como mediadoras e mediadores interculturais ligados a povos originários do Brasil, América Latina, Austrália e África. Estudos de revisão bibliográfica permitirão fundamentar os processos de pesquisa em cooperação com os diferentes parceiros e interlocutores, bem como as entrevistas com mediadores interculturais e movimentos organizados de povos originários, atividades estas que serão compartilhadas mediante intercâmbio interinstitucional ou seminários presenciais e virtuais. Os resultados do processo de pesquisa serão veiculados mediante publicações científicas, bem como em produtos didáticos e de divulgação em rede virtual. Tal produção contribuirá para o avanço das pesquisas relacionadas com a interculturalidade crítica na área de educação, para a cooperação cientifica interinstitucional e internacional, para o estreitamento da interação entre universidades e movimentos sociais de povos originários, bem como para a construção de políticas interculturais de sustentabilidade e de práticas que fomentem a integração e empoderamento das culturas e povos originários..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .

Integrantes: Beleni Salete Grando - Integrante / Reinaldo Matias Fleuri - Coordenador / Adir Casaro Nascimento - Integrante / Elcio Cecchetti - Integrante / Ivanilde Oliveira Apoluceno - Integrante / João Colares da Mota Neto - Integrante / Jacques Henri Maurice Gauthier - Integrante / Valdo Hermes de Lima Barcelos - Integrante / Mônica Pereira dos Santos - Integrante / Jorgelina Andrea Villarreal - Integrante / Raúl Adolfo Díaz - Integrante / Bóris Alfonso Ramirez Gusmán - Integrante / Zayda Sierra - Integrante / José del Carmen Marín Gonzáles - Integrante / Rosanna Cima - Integrante / Mariateresa Muraca - Integrante / Greer Johnson - Integrante / Susan Monk - Integrante / Dora Marinova - Integrante / Maria Paula Menezes - Integrante.

Número de produções C, T & A: 10

 

Currículo, educação infantil e educação básica: uma pareceria colaborativa na formação de professores

 

Descrição: A pesquisa busca conhecer, experimentar e contribuir na formulação de propostas para a educação física da educação básica da Escola Municipal Profª Tereza Lobo de Cuiabá-MT. As condições para a parceria colaborativa existem, haja vista a Escola Tereza Lobo ser parceira da FEF-UFMT tendo firmado um compromisso e se colocou a disposição para ser campo para estagiários da FEF-UFMT exercerem seu estágio docência. Tendo em vista a educação física nas propostas curriculares na educação infantil, a pesquisa possibilitará aos sujeitos envolvidos da Universidade como da Escola Tereza Lobo oportunidades para o tensionamento constante das certezas das teorias educacionais com a realidade concreta, que contraditória, permite que a teoria se re-oriente, permanentemente a partir da prática pedagógica e do curso de formação inicial em licenciatura em educação física, considerando que os docentes atuam com as disciplinas teórico-práticas e estágios na educação infantil, com parceria na escola.

 
Situação: Encerrado; Natureza: Pesquisa. 

 

Integrantes: Beleni Salete Grando - Integrante / José Tarcísio Grunennvaldt - Coordenador / Thaís Caroline de Pinho Alvarenga - Integrante.

 

 

 

A EDUCAÇÃO DO CORPO: ENTRE OS SABERES E FAZERES INDÍGENAS E OS SABERES E FAZERES DA SOCIEDADE MATO-GROSSENSE

 

Descrição: A partir dos estudos empreendidos na Pós-Graduação em Educação PPGE/UFMT, este projeto visa compreender as relações entre a educação tradicional indígena marcada no corpo e os conflitos com os saberes e práticas da educação não indígena no campo da escola e da saúde em Mato Grosso. Para tanto, inicia com um diagnóstico do atual atendimento à saúde e à educação empreendidos pelo Estado (SUS-DSEI Cuiabá e SUDUC-MT), visando identificar elementos gerados de conflitos entre os saberes e práticas institucionais e os saberes e práticas indígenas, a fim de identificar como o corpo indígena e o corpo do agente de saúde e de educação se relacionam entre estranhamentos e identificações. Tendo por referência o corpo como a centralidade da pessoa, este passa a ser o foco de estudo que contribuirá para identificar as formas de acolhimento e rejeição na relação indígena-não indígena. As situações de estranhamentos aliadas aos estudos, visam promover formas de educação intercultural que possa subsidiar futuras formações dos profissionais da saúde e da gestão da educação escolar indígena em Mato Grosso. O projeto vincula-se à linha Movimentos Sociais e Educação Popular e inclui quatro projetos de mestrandos, sendo dois da área da saúde e dois da área de educação.

 

Situação: Encerrado; Natureza: Pesquisa. 


Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Severiá Maria Idioriê Xavante - Integrante / Félix Rondon Adugoenau - Integrante / Gerda Eichholz - Integrante / Adriane Aparecida de Freitas Silva - Integrante / Renata Marien Knupp Medeiros - Integrante / Ronaldo do Nascimento - Integrante / Juliana Guimarães Saneto - Integrante.

Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 4

 

 

 

Saberes e Fazeres Autóctones do Povo Bororo: contribuições para práticas educativas interculturais na saúde e educação escolar bororo

 

Descrição: Projeto de pesquisa vinculado ao PPGE/UFMT, com o objetivo compreender os saberes e fazeres autóctones do povo Bororo segundo o Bakaro, ou seja, suas leis e regras que garantem a organização social milenar. Os saberes e fazeres que produz o corpo - cada pessoa como única - será registrada e descrita seguindo as orientações da pesquisa qualitativa e etnográfica, no diálogo com os anciões, homens e mulheres que se constituem como autoridades clãnicas, na língua bororo e com traduções de um dos pesquisadores que é autoridade Bororo e estudioso do Bakaro, a fim de se compreender os sentidos e significados dos processos que garantem da concepção ao nascimento e os primeiros cuidados e rituais, a saúde da criança para que possa ser integrada à sociedade pela educação. Com a pesquisa pretende-se trazer contribuições para problematizar e construir novas respostas para a concepção de educação intercultural e da educação para a saúde, que permeiam as relações entre os representantes não indígenas e indígenas que assumem a institucionalização da educação e da saúde, como políticas públicas em desenvolvimento com o Povo Bororo, primando pela alteridade e direito a uma atenção de qualidade e respeito à autonomia e protagonismo das populações indígenas.


Situação: Encerrado; Natureza: Pesquisa. 


Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Félix Rondon Adugoenau - Integrante / Renata Marien Knupp Medeiros - Integrante.

 

 

 

Memórias pantaneiras sobre o brincar na infância: possibilidades interculturais na educação escolar

 

Descrição: Com o projeto partimos do mapeamento de jogos e brincadeiras tradicionais marcados na memoria lúdica dos idosos que viveram a infância na região que compreende o Pantanal Mato-Grossense, especialmente os que hoje residem em Poconé, Acorizal, Cuiabá, Cáceres e Porto Esperidião. As entrevistas são realizadas pelas pesquisadoras do COEDUC que integram a rede sociocultural local, seja por residência, por vínculo familiar ou de estudos já realizados com as comunidades tradicionais em projetos anteriores. Após registrar, por meio de entrevistas, as memórias de meninas e meninos de ontem e compreendermos seus sentidos e significados no tempo-espaço do brincar e suas marcas identitárias, estaremos transformando os dados em material pedagógico para desenvolver como pesquisa-ação em escolas públicas destes locais , propormos projetos pedagógicos para a promoção da educação intercultural às crianças da Educação Infantil e alfabetização. Ao concluir o banco de dados e a transformação didática visamos socializar a pesquisa nos espaços escolares e na formação continuada de professoras da Educação Infantil e Alfabetização. Palavras-chave: Jogos e Brincadeiras; Memória Lúdica; Criança/Infância.

 
Situação: Encerrado; Natureza: Pesquisa.

 
Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Elisangela Silva França - Integrante / Neide da Silva Campos - Integrante / Adriane Cristine Silva - Integrante / Eva Batista dos Santos Silva - Integrante / Paloma Nara da Costa Santos - Integrante / Suzana Helena A. A. A. Silva - Integrante.

Número de produções C, T & A: 6

 

 

 

A Produção do conhecimento no Curso de Licenciatura em Educação Física 2001/2011: uma análise sobre os trabalhos de conclusão de curso e suas contribuições para pensar a pesquisa na FEF/UFMT

 

Descrição: O projeto de pesquisa visa realizar estudo diagnóstico dos Trabalhos de Curso do Curso de Licenciatura em Educação Física, da FEF/UFMT, do Campus de Cuiabá, no período de 2001-2011, uma vez que em 2001 foi implementado a reformulação do Curso de Licenciatura e em 2011, foi reformulado o mesmo, tendo em vista a criação de um novo curso de graduação, o Curso de Bacharelado em Educação Física, a ser implantado em 2012/1. O objetivo do projeto é identificar as matrizes teóricas e metodológicas que têm orientado a produção do conhecimento na formação inicial em Educação Física na última década, possibilitando a construção e sistematização de linhas de pesquisa do Curso de Licenciatura em Educação Física, contribuindo para organização das ações de ensino e pesquisa de forma perene e processual.


Situação: Encerrado; Natureza: Pesquisa.

 
Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Marcia C R da S Coffani - Integrante / Jonathan Stroher - Integrante / Waléria Christiane Rezende Fett - Integrante / Débora Cristina Lima Crisóstomo - Integrante / Carlos Henrique Ferreira da Silva - Integrante.


Financiador(es): Universidade Federal de Mato Grosso - Bolsa.


Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 1

 

 

 

A Produção do Conhecimento em Dança: uma análise da pesquisa acadêmica em diferentes níveis sobre a dança em Mato Grosso

 

Descrição: A pesquisa é uma ação interinstitucional para elaboração de um diagnóstico dos trabalhos de pesquisa desenvolvidos nas IES de Mato Grosso (monografias, dissertações e teses), nos cursos de graduação (modalidade licenciatura e bacharelado) e pós-graduação lato e stricto sensu em Educação Física, Educação e áreas afins, e ou produzidos por docentes e pesquisadores em IES brasileiras e estrangeiras, cujo objeto de investigação vincula-se à dança. Têm-se como meta conhecer os trabalhos de pesquisa sobre dança em Mato Grosso, analisando os temas de pesquisa recorrentes e silenciados, a fim de compreender quais os aportes teórico-metodológicos que têm orientado as leituras acadêmicas da realidade sócio-histórico-cultural, indicando novas alternativas de investigação e princípios metodológicos, os principais campos de estudo e proposições para difusão do ensino e aprendizagem dança. No plano metodológico propõe-se uma pesquisa bibliográfica de caráter crítico-epistemológico, cuja sistematização e análises dos dados considera-se a perspectiva qualitativo-quantitativa. O emprego do levantamento bibliográfico e documental a ser realizado entre 2012 e 2014, permitirá reunir e organizar informações sobre as pesquisas produzidas na área de dança em Mato Grosso. Como ação contributiva do projeto pretende-se avaliar a relação direta e indireta dos trabalhos de pesquisa na área da dança com o campo de formação de professores, a aproximação e/ou distanciamento da escola e Educação Física Escolar; organizar material bibliográfico a ser disponibilizado aos professores pesquisadores de Mato Grosso, como elemento orientador das proposições de novas pesquisas e o repensar das práticas; subsidiar o acervo da produção do conhecimento sobre dança no Brasil, empreendido pelo GEDAN/CBCE. Trata-se de uma ação de fomento aos estudos sobre a relação dança, sociedade e cultura, para além da apreensão técnica do movimento corporal, que se quer consciente e fundamentalmente interligado à formação de professores.

 

Situação: Encerrado; Natureza: Pesquisa. 


Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Marcia C R da S Coffani - Integrante / Neide da Silva Campos - Integrante / Jonathan Stroher - Integrante / João Batista Franco Borges - Integrante / Eliane Souza Oliveira dos Santos - Integrante / Elisangela de Almeida Barbosa - Integrante / Débora Cristina Lima Crisóstomo - Integrante / Carlos Henrique Ferreira da Silva - Integrante.

Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 4

 

 

 

Corpo, Culturas Juvenis e Ensino Médio: a dinâmica curricular e pedagógica da Educação Física em Cuiabá-MT

 

Descrição: O estudo é uma investigação da dinâmica curricular e pedagógica da Educação Física no Ensino Médio, buscando extrair o lugar da Educação Física no projeto de formação cultural da juventude, construído no contexto da escola, no qual se insere e são tratados pedagogicamente os conhecimentos concernentes ao corpo em movimento. Estes são tomados como práticas corporais que expressam um sentido de construção cultural e linguagem presentes nas diferentes formas de expressão corporal. O objeto de estudo são as práticas corporais ensinadas e aprendidas nas aulas de Educação Física do Ensino Médio, entendendo-as como construídas, vivenciadas e (re) significadas cotidianamente pelos seus sujeitos socioculturais (professores e escolares), praticantes de experiências corporais, repletas de significados simbólicos, que se constituem em saberes corporais, e materializam um dado projeto de formação cultural da juventude, consequentemente de homem e sociedade. Trata-se de uma pesquisa social, de foro qualitativo, perspectiva etnográfico-descritiva que enseja a observação sistemática do universo da pesquisa, as escolas de Ensino Médio situadas no município de Cuiabá/MT. Elege-se como sujeitos da pesquisa, professores e escolares, como elementos indissociáveis para significação das ocorrências nas aulas de Educação Física no Ensino Médio, a partir das práticas corporais experienciadas. O projeto é aprovado pelo CAAE: 03256312.5.0000.5541 - Parecer 70083 - em 08/08/12 - Plataforma Brasil.

 
Situação: Encerrado; Natureza: Pesquisa. 


Integrantes: Beleni Salete Grando - Integrante / Marcia C R da S Coffani - Coordenador / Cleomar Gomes Ferreira - Integrante / Evando Carlos Moreira - Integrante.

Número de produções C, T & A: 7

 

 

 

Corpo e Educação na Fronteira: O Povo Chiquitano e suas práticas corporais

 

Descrição: O presente projeto visa compreender os processos de educação e cuidados com o corpo Chiquitano, na região de fronteira do Brasil com a Bolívia. Neste contexto interétnico e intercultural, o corpo expressa a dinâmica da cultura nestas relações, mas também, e o que nos mobiliza nesta pesquisa, as formas como cada comunidade cuida da saúde e da educação de forma a garantir a identidade coletiva do Povo Indígena. A histórica relação com a sociedade envolvente que os desconsideram nativos do Brasil, têm por trás a apropriação e negação de suas terras tradicionais, ao mesmo tempo em que lhes impõem alterações permanentes em suas práticas corporais/sociais. O projeto se pauta na articulação de diferentes projetos que buscam compreender a dinâmica de cada comunidade, especialmente nas aldeias Fazendinha e Vila Nova do Badecho, e como os Chiquitano destes contextos chegam e são inseridos no contexto da escola, em Cáceres. O projeto iniciou em 2010 com um trabalho de conclusão de curso e está em desenvolvimento com duas dissertações de mestrado em andamento, com previsão de conclusão para 2014.

 
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 


Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Cristiana Tramonte - Integrante / Arthur José Almeida - Integrante / Maria Aparecida Rezende - Integrante / Letícia Antônia de Queiroz - Integrante / Aline Pereira Dutton - Integrante / Antonio Luis Fermino - Integrante / Alceu Zoia - Integrante / Adriana Nezeir de Almeida Duarte - Integrante.
Financiador(es): Secretaria de Educação do Estado de Mato Grosso - Remuneração / Universidade de Brasília - Bolsa / Universidade do Estado de Mato Grosso - Remuneração / Universidade Federal de Mato Grosso - Remuneração / Universidade Federal de Santa Catarina - Bolsa.


Número de produções C, T & A: 18 / Número de orientações: 1

 

 

 

A cultura escolar e suas implicações para a prática pedagógica da educação física: um estudo em diferentes escolas públicas de Cuiabá/MT.

 

Descrição: Projeto de pesquisa de orientando de mestrado em educação, cujo objetivo é Identificar e compreender as relações entre a cultura escolar e a prática pedagógica da Educação Física, descrevendo as diferentes culturas de três escolas públicas com organizações diferenciadas (militar, confessional, civil). A pesquisa será desenvolvida na cidade de Cuiabá, e terá como proposta metodológica a etnografia do espaço do corpo na escola, na perspectiva da criança, especialmente nos espaços fora da sala de aula e nas aulas de Educação Física.


Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 


Integrantes: Beleni Salete Grando - Integrante / Jocaf Leitner - Coordenador.


Financiador(es): Secretaria de Educação do Estado de Mato Grosso - Remuneração / Universidade do Estado de Mato Grosso - Outra.


Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 1

 

 

 

O Brincar e a Cultura Popular na Educação da Criança em Cáceres

 

Descrição: O projeto de pesquisa, que conta com apoio de bolsista de extensão pela FAPEMAT, visa compreender como o jogo e o brincar contribuem para a formação integral da criança e a constituição de sua identidade no contexto escolar. Para isso, busca analisar de que forma a criança cria espaços para viver sua ludicidade na escola como uma estratégia de identificação e construção de uma cultura infantil no contexto escolar, tendo por referência as pesquisa sobre a cultura popular lúdica realizada pelo COEDUC/UNEMAT e compreender o sentido e o significado do brincar no desenvolvimento da criança, analisando o seu papel no processo de aprendizagem. A pesquisa de campo é desenvolvida em duas escolas públicas, envolvendo três turmas de crianças, sendo duas de 7 anos e uma de dez. Em uma das escolas, será desenvolvido um estudo de caso em uma turma de 7 anos que se constitui de 7 crianças.


Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 


Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . 

Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Neide da Silva Campos - Integrante / Jonathan Stroher - Integrante / Grasiele Donatoni - Integrante / Cecília de Campos França - Integrante.


Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso - Bolsa / Universidade do Estado de Mato Grosso - Remuneração.


Número de produções C, T & A: 13 / Número de orientações: 2

 

 

 

Infância e Educação Indígena, contribuições para a compreensão das práticas corporais

 

Descrição: O projeto vincula-se ao pós-doutorado do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFSC, por doze meses, visa articular os projetos de pesquisa em andamento no COEDUC/UNEMAT e no NEPI/UFSC, especialmente com a contribuição dos estudos da Antropologia da Criança, sob orientação de Antonella Tassinari. Os estudos buscam compreender as relações entre as práticas corporais (técnicas corporais no conceito de Mauss) e a educação da criança indígena, a partir dos jogos que identificam cada grupo étnico, mas também nos jogos que são apropriados da cultura esportivisada brasileira. Busca-se aprofundar aportes teórico-metodológico para os estudos da educação do corpo e da fabricação da pessoa, na infância indígena.


Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 

Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Antonella Tassinari - Integrante.

Número de produções C, T & A: 8

 

 

 

FORMAÇÃO DO CENTRO DE MEMÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E DO ESPORTE DO ESTADO DE MATO GROSSO - CEMEFE

 

Descrição: O referido projeto desenvolvido junto à Faculdade de Educação Física da UFMT, tem por objetivo geral constituir/ formar o Centro de Memória da Educação Física e do Esporte do Estado de Mato Grosso CEMEFE. O responsável pela elaboração e desenvolvimento do mesmo é o prof. Dr. Evando Carlos Moreira, e integra como colaboradores outros professores da FEF e da UNIVAG.

 
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. 


Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) Doutorado: (3) . 

Integrantes: Beleni Salete Grando - Integrante / Cleomar Ferreira Gomes - Integrante / Evando Carlos Moreira - Coordenador / Eliane Souza Oliveira dos Santos - Integrante / Raquel Stoilov Pereira Moreira - Integrante / Juliana Aparecida de Paula Schuller - Integrante / Jorge Eto - Integrante / Kenji Kido - Integrante.


Financiador(es): Universidade Federal de Mato Grosso - Remuneração.

 

 

 

Jogos Indígenas e Educação: produção material educativo sobre os Jogos dos Povos Indígenas do Brasil

 

Descrição: O Projeto Jogos Indígenas e Educação: produção material educativo sobre os Jogos dos Povos Indígenas do Brasil , financiado pelo Ministério do Esporte, em parceria com a SECAD/MEC, objetivando contribuir com a implementação da LDB Nº 9.394/96, nos que expressam os artigos: Art. 26, 4º, Art. 32, 3º, Art. 78, 2º, e a implantação da Lei 11.645/08, com a produção de três publicações: o livro Brincar, Jogar, Viver: IX Jogos dos Povos Indígenas, uma Cartilha sobre os Jogos dos Povos Indígenas e uma Cartilha audiovisual em CD-ROM. Este projeto complementa o Projeto de Pesquisa A produção do conhecimento sobre as práticas corporais indígenas e suas relações com os Jogos dos Povos Indígenas do Brasil , vinculado à Rede CEDES do Ministério do Esporte, cujo objetivo é contribuir para a promoção de políticas públicas de esporte e lazer para as sociedades indígenas.


Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 


Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . 

Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Claudio Fonseca - Integrante / Luiz Augusto Passos - Integrante / Ronaldo Henrique Santana - Integrante / Tânia Maria Lima Beraldo - Integrante / Neide da Silva Campos - Integrante / Imara Quadros - Integrante / Arthur José Almeida - Integrante.


Financiador(es): SNDEL/Ministério do Esporte - Auxílio financeiro.


Número de produções C, T & A: 2

 

 

 

A produção do conhecimento sobre as práticas corporais indígenas e suas relações com os jogos indígenas do Brasil

 

Descrição: A projeto financiado pelo Ministério do Esporte, tem por objeto a implantação do Núcleo da Rede CEDES pelo Grupo de Pesquisa Corpo, Educação e Cultura (CNPq), no COEDUC/UNEMAT, bem como pelo projeto de pesquisa que consiste no estado da arte da produção do conhecimento sobre as práticas corporais indígenas e suas relações com os jogos indígenas, no Brasil. O projeto visa articular outras IES (UFPA, UNB, UFAC, UFAM, UCDB, UFSC, UFRN e Unicamp), cuja parceria será firmada com oito pesquisadoras que participarão como colaboradoras do projeto, visando articular, numa perspectiva multidisciplinar, as produções na temática em nível nacional e propor de forma crítica, indicadores para as políticas públicas para o Esporte e Lazer dos Povos Indígenas do Brasil. Inicialmente o trabalho visa sistematizar a avaliação realizada no IX Jogos dos Povos Indígenas, realizado em novembro/dezembro de 2007, visando a produção de três obras: Produto 1: livro "Brincar, jogar e viver: IX Jogos dos Povos Indígenas"; Produto 2: CD com material do livro, em publicação voltada especialmente para os indígenas, com síntese dos Jogos de Pernambuco; Produto 3: Cartilha "Jogos Tradicionais Indígenas", com objetivo de divulgação dos jogos nos eventos promovidos pelo Ministério do Esporte. Ao final do projeto, com os pesquisadores integrados, será organizado um seminário para sistematizar a pesquisa com os diferentes olhares dos pesquisadores e publicado um livro que possa nortear políticas públicas específicas para os povos indígenas do Brasil.

 
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 


Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Ronaldo Henrique Santana - Integrante / Claudyo Casares - Integrante / Neide da Silva Campos - Integrante / Jonathan Stroher - Integrante / Bruna Maria de Oliveira - Integrante / Elcione Trojan de Aguiar - Integrante / Kleverton de Oliveira da Silva - Integrante / Mario César Gomes - Integrante / Ângela Paula Alves de Lima - Integrante / Patricia Graciela Pagliuca - Integrante.


Financiador(es): Ministério do Esportes - Auxílio financeiro.


Número de produções C, T & A: 17 / Número de orientações: 6

 

 

 

Projeto de Pesquisa: Corpo e Educação: Festas e Jogos como forma de mediações Interculturais em relações de fronteiras étnicas e culturais em Mato Grosso

 

 

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Marcia C R da S Coffani - Integrante / Ronaldo Henrique Santana - Integrante / Neide da Silva Campos - Integrante / Eva Batista dos Santos Silva - Integrante / Jonathan Stroher - Integrante / Andréya Dórya Silva Hespana - Integrante.

Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 4

 

 

 

Corpo e Educação em relações de fronteiras étnicas e culturais em Mato Grosso

 

Descrição: O Projeto de Pesquisa Corporeidade em relações de Fronteiras Étnicas e Culturais em Mato Grosso: Corpo, Educação e Sociedade, tem por objetivo desenvolver atividades de pesquisa interdisciplinar e intercultural no Estado de Mato Grosso, tendo como centro de interesse a diversidade da cultura corporal que explicita, nos rituais lúdicos e festivos, as identidades coletivas de grupos sociais minoritários, comunidades, vilarejos e municípios, tendo em vista o processo de ocupação geográfica no último século. Para compreender as relações de fronteiras estabelecidas nesse contexto social diversificado e nele as corporeidades mato-grossense essa pesquisa centrou-se em três eixos fundamentais da constituição da pessoa: corpo, educação e identidade. Cujo tripé se sustenta nas manifestações culturais populares e na intervenção pedagógica que visa a transformação da cultura etnocêntrica e monocultural, portanto autoritária, nas relações cotidianas, a partir das escolas cacerenses.


Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 


Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Beleni Salete Grando - Coordenador / Ronaldo Henrique Santana - Integrante / Maria Rita Silva Pereira - Integrante / Neide da Silva Campos - Integrante / Adriane Cristine Silva - Integrante / Eva Batista dos Santos Silva - Integrante.


Financiador(es): Universidade do Estado de Mato Grosso - Remuneração / Universidade do Estado de Mato Grosso - Auxílio financeiro.


Número de produções C, T & A: 57 / Número de orientações: 14

 

 

 

  • facebook-square